Vergonha


















Sexta-feira eu com a minha irmã (Luisa) e com a minha prima (Cristiane), fomos na Rua João Cachoeira, comprar um vestido para a Luisa ir a uma festa de 15 anos.

Nós paramos em três lojas, a primeira tudo bem, tinha vaga na porta, não tinha degrau para entrar na loja, no entanto era cara e eu não gostei da dona da loja. A segunda loja não tinha vaga na porta, tivemos que procurar vaga e ir andando, as calçadas uma vergonha, buracos para todos os lados! Chegando a loja, tinha um degrau enorme e a largura da porta era muito estreita. Se fosse uma cadeira de rodas, ia ser um trabalho do cão. A Cris e Luisa não iriam conseguir subir com uma cadeira de rodas, até porque a Cris está grávida, mas gostei das vendedoras. Fomos para a terceira loja andando, essa tinha rampa e um atendimento dez!

Eu e Cris fizemos questão de elogiar a loja.

Absurdo são as calçadas do nosso país!

Até mais,

bjo,

Carol

2 comentários:

Ká ou Kaká.

Carol, é uma vergonha mesmo. Temos que protestar muito ainda. A luta não pára!

Beijos.

FER

SE EU PARAR PRA FALAR DE CALÇADAS AQUI,SEREI ATÉ CHATA E REPETITIVA,PORÉM SEMPRE VOU PROTESTAR É MEU DIREITO E ÁS VEZES UM DEVER TBM .......

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑