Qual é a necessidade de rotular uma criança?


Estava lendo, outro dia,  que apareceu mais uma doença para diagnosticar crianças. A criança que apresentar dificuldades em matemática, pode ter Discalculia.
Não conheço a doença, não sei nem se é doença, usei o nome doença, porque é assim que está na matéria. Mas aqui a minha discussão é por que a sociedade quer rotular as crianças, as pessoas de modo geral?
 A sociedade tem um padrão de normalidade que não existe, os seres humanos são diferentes um do outro. Cada um tem as suas características, a sua subjetividade, a sua historia, o que é normal para um, não é necessariamente normal para o outro.
Quantas crianças, jovens, adultos, brigam ou brigaram com a matemática, eu mesma, fui uma. Mas para terminar a escola, entrar na faculdade e até para a vida, a gente precisa da matemática. Então precisamos arrumar um modo de lidar com ela, pode ser com professor particular, apoio na escola, com profissionais, com os pais que sabem a matéria ou com irmãos. Agora, o que adianta falar que a criança tem Discalculia? Tendo ou não o diagnostico, a criança vai precisar enfrentar a dificuldade. Então qual é a necessidade de rotular a criança?
Peguei o exemplo da Discalculia, mas servi para outras doença e para alguns transtornos também.

Até mais,
bjo,    
Carol 

4 comentários:

anonimo

Agora eu concordo, com o artigo.
Uma dica: Tenta ser menos formal, use de mais naturalidade. A Vida das pessoas já é tão agitada que as mesmas não querem ler artigos sérios em termos de línguagem.

Eli Girola

muito interessante seu texto e a reflexão que ele nos leva Carol.
aparecerei mais por aqui. :)

Carolina Câmara

Eli Girola, é uma reflexão para gente parar de rotular as crianças!
Venha sempre, será sempre bem-vinda!

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑