Lei de cotas

Eu não sei se já falei sobre isso aqui, mas se cometei tudo bem, vou falar novamente, nunca é demais.
 Cotas na empresas é para que elas aceitem pessoas portadoras de necessidades especiais. É, fizeram a lei de cotas com intuito de integrar essas pessoas na sociedade, pois se não fosse ela, pouquíssimas empresas iam empregar pessoas portadoras de necessidades especiais, isso é fato!
        Então a lei de cotas é uma boa ideia?
Por um lado, sim ela é boa, oferece oportunidade para as pessoas terem um emprego e um salário.  Mas por um lado, a lei de cotas mostra claramente preconceito, pois obriga as empresas a aceitaram as pessoas. Outra coisa que eu percebo é que as empresas reservam somente algumas vagas para contatar pessoas portadoras de necessidades especiais. Nem sempre essas vagas cabem no perfil de determinado sujeito.
Eu sou o exemplo disso, tentei uma época trabalhar em RH, no entanto não consegui, pois todas as entrevistas que eu fiz, só soube depois que era para outro cargo. 
Acho que a lei de cotas pode até dá certo, mas antes disso, muita coisa tem que ser mudada, como a educação, o respeito, a atenção, o cuidado, enfim não basta ter lei se não sabemos utilizar de forma correta!

Semana que vem vou fazer um post para cada item, educação, o respeito, a atenção, e o cuidado, explicando cada.

Até mais,
bjo,
Carol 

2 comentários:

Daniel Faria

Adoro este tema Carol, Penso que a Lei de Cotas tem seus pós e contras. Foi bom, pois infelizmente sem ela dificilmente teriámos deficientes no Mercado de Trabalho, a verdade é essa, mas sou contra pois contratam geralmente na maioria das vezes para trabalharem em vagas operacionais e com um salário muito baixo, somente para não terem que pagar a multa. Muitas pessoas recebem aposentadoria e não querem deixar de receber para trabalhar por ser uma garantia e muitos tem medo de serem mandados embora ficando sem emprego e sem aposentadoria, digo mais, tem muitos deficientes que não são qualificados por não ter condições e muitos não tem interesse mesmo. Além do mais nosso Brasil falta muita acessibilidade nas ruas, nas empresas, nós vemos pouquissimos cadeirantes, deficiente visual, auditivo, pois teriam que ter equipamentos diferenciados, o custo elevaria, devido a isso, contratam pessoas com deficiência mínima, bem leve, só para dizerem que estão contratando. Tem mais dificilmente vê alguém que tenha sido promovido. Precisa ser feito muita coisa para melhorar a Lei de Cota, para não contratarem somente para cumprir a cota e não podemos tapar o sol com a peneira, ficar nos ilunindo que está tudo bem.
Os empresários primeiramente deveriam contratar pela capacidade do individuo e não se tem limitação ou não. Todos somos capazes!

Carolina Câmara

Daniel, adorei o seu comentário, perfeito. Primeiro vem a capacidade do sujeito, depois a deficiência!
Obrigada pela participação.
bjs

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑