A deficiência não anula o sujeito e a pessoa com deficiência tem que saber disso!


     Estava lendo um comentário em algum site, não lembro qual, que me chamou a atenção. O comentário falava das pessoas com deficiência que usam a deficiência para viver, já falei disso aqui, mas é algo tão chato que vou trazer novamente para o blog.

     A gente fala de preconceito, inclusão, acessibilidade e varias outras coisas que envolvem o “mundo da deficiência”, entretanto quando eu olho, um pouco mais a fundo, percebo que têm pessoas com deficiência que vão na contra mão desse movimento. Explico melhor, algumas pessoas com deficiência acreditam que a sua deficiência vem em primeiro lugar, aqui a própria pessoa se anula como sujeito, ou seja, ela é somente a deficiência. E ai vem às desculpas, que eu particularmente detesto, “não posso, porque sou deficiência”, “coitado de mim”, “por que eu ?” e assim vão as lamentações e junto todo o trabalho de quebra de paradigmas.
      A pessoa com deficiência é a peça fundamental para mostrar que a deficiência não vem em primeiro lugar, não sei que lugar ela vem, não quero saber, só sei que a pessoa não se resume a deficiência!

Até mais,
bjo,    
Carol 

1 comentários:

L'indéfini

Adorei ! A ignorância realmente é o maior perigo da sociedade atual.
Continua a inspirar-nos :)

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑