Indiferença com a diferença na família!



Segunda-feira coloquei aqui no blog uma indicação de um texto no blog Deficiente Ciente, e falei que ia comentar sobre essa questão.       
Pais, irmãos e a própria pessoa com deficiência sabem que na dentro da própria família tem preconceito, não sei se estou sendo forte demais usando essa palavra, mas enfim quem passa por isso sabe o que estou falando. Têm certos familiares que não se aproximam da pessoa com deficiência, por medo, vergonha, não quer ajudar, se sente incomodado com a diferença tão aparente ou por qualquer outro motivo, que para mim não é desculpa e sim porque é mais fácil ficar longe, não se envolver. É mais ou menos como se fosse um filme, a gente até assisti, mas aqui somos apenas telespectadores, tem uma tela entre a gente, protegendo, pois ai não tem como participar do filme!
É uma vergonha eu escrever um texto desse em pleno século XXI, onde estamos ouvindo muito sobre inclusão,  preconceito, diversidade e tudo mais.....
O primeiro lugar onde a gente deveria encontrar de fato a  inclusão, integração, um ambiente acolhedor. Sem essa de tabu, falar sim sobre a deficiência com os pais, com a pessoa, com todos ali da família, pois a deficiência existe. Isso vai ser um grande passo, afinal a inclusão começa em casa.

Até mais,
bjo,
Carol 

2 comentários:

Fernando Lourenço

Poucas são os seres humanos que se atrevem a tocar num assunto tão polêmico e ao mesmo tempo tido como um verdadeiro tabu.
Este tema deveria ser levado as rodadas de discussão de escolas e outros locais onde se discute educação e tentar mudar ou ao menos dar um passo em direção a mudanças consideráveis neste senário. Um abraço Carol.

Carolina Câmara

É Fernando, o pessoal tem medo de falar, incrível isso!
bjs

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑