Ir em frente

Tem uma matéria no site Vida Mais Livre, http://migre.me/5eK0h, que eu acho interessante.
O tema é educação, a matéria relata a história do Davi Rodrigo da Cruz que teve uma lesão macro medular e perdeu o movimento das pernas aos 18 anos. Ele estava terminando o ensino médio, mas teve que interromper, porque a escola não tinha acessibilidade, e o transporte era precário.
Por isso Davi acredita que são tantos os problemas de acessibilidade que a pessoa com deficiência perde a vontade e desiste. No entanto ele lembra ainda que a pessoa com deficiência para tem  que ir, lutar pelas mudanças. É, a gente que tem que se colocar no mundo, nos espaços. “Ir em frente, mesmo diante das adversidades e nos posicionar."
Eu concordo 100%, acho que não podemos nos esconder atrás da deficiência, do preconceito, das adversidades, enfim do mundo. Temos muito trabalho pela frente, veja o que eu falei; temos. Estou querendo dizer que a gente tem responsabilidades de ir em busca dos nossos objetivos.

Até mais,
bjo,
Carol 


2 comentários:

Mr. LOSEA

Oi Carol,

É isso mesmo, temos que "invadir sua praia" (o mundinho dos 'andantes') para poder valer nossos direitos e só assim conseguiremos mudar toda essa situação desfavorável a nós.

Beijão minha linda!!!

Carolina Câmara

É Losea, não podemos ficar fazendo papel de coitadinhos!
bjs

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑