Pique – esconde


     
   Adoro lembrar as brincadeiras de quando eu era criança. No prédio onde morávamos tinha muita criança, então a gente brincava muito, cada dia era uma brincadeira.
 Eu sempre rir muito, tudo era motivo de uma boa risada! Quando a brincadeira era pique - esconde, minha mãe me ajudava para poder correr mais. Ela achava altos lugares para me esconder, afinal minha mãe é super competitiva, ela entra para ganhar! Até ai tudo bem, porem eu começava a rir, por isso as crianças me achavam. Minha mãe ficava irritada comigo, mas logo ela achou uma solução, era tampar a minha boca com a mão.
 Eu amei a minha infância. Mesmo sendo portadora de necessidades especiais, eu uma infância super saudável, como todas as crianças têm que ter!

Até mais,
bjo,
Carol 

4 comentários:

Bruna

Carol, admiro muito você e sua luta! Espero que a minha pequena Izabel tb adore sua infância... um ano novo cheio de surpresas e realizações para vc. Dps vai lá no blog, tenho sentido a sua falta! Mts bjs.... Bru e Bel!

Blog Fernando Acessibilidade

Que tempos maravilhosos foi também a minha.

Gostei do post.

FELIZ ANO NOVO

Carolina Câmara

Oi Bruna, Muito obrigadaaaa.. A Bebel é feliz e vai conquistar os objetivos dela.
Já passei no seu blog e fiz um comentario.
Bjs

Carolina Câmara

Oi Fernando, a infância é realmente muito boa!
Que bom que gostou do post.

Feliz 2011

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑