Colher infantil, da Munchkin


Acho tão bom quando encontro uma dica para o dia a dia, pois tem cada situação que a gente fica sem saída. Há certas atividades do dia a dia que são simples para algumas pessoas, mas no “mundo da deficiência”, nem sempre essas atividades são fáceis de serem executadas. Um exemplo, dar comida, às vezes, os talheres comum não os mais aproados.

Por isso hoje trago mais uma dica da Priscila, é uma colher, da Munchkin. Ela é fina e resistente, não é mole como as de silicone, nem dura como as de plástico. Se a criança, durante as refeições, morder a colher, é fácil tirar, porque ela é bem fina.
Segundo Silvia Marra, fonoaudióloga, “indico, muitas vezes esta colher porque de fato ela é realmente muito facilitadora para entrar com os alimentos pela lateral ir ao encontro da língua e sair com mais tranquilidade. Não é tão côncava e o fato de ser estreita, não permite em caso de mordida que ela fique presa nos dentes laterais.”  


 É vendida em lojas de produtos para bebê.


Onde encontrar:





Priscila e Silvia muito obrigada!!!!


Até mais,
bjo,    
Carol 


2 comentários:

M Helena PdaC

Como dentista e especialista em portadores de Paralisia Cerebral recomendo a utilização desse tipo de colher principalmente para indivíduos adultos que tem bruxismo com perda de esmalte dentário por atrição entre a arcada inferior (mandibula) contra a superior de forma intensa e constante. Durante a refeição, quando o portador de PC morde o talher de metal inadvertidamente ele pode levar pequenos choques (corrente galvânica) que o levam a sofre incômodo considerável dificultando ainda mais sua rotina alimentar.

Carolina Câmara

Oi Helena,
Obrigada pela contribuição!!!!!!!
bjs

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑