Novela imita ou não a realidade?

Na novela Insensato Coração, Pedro, Eriberto Leão, larga cadeira de rodas meses depois de perder o movimento das pernas.
Falam que as novelas imitam a realidade, por isso milhares de pessoas assistem e se identificam com personagem, sentem até esperança, enfim as pessoas buscam na novela algo para a vida delas. Nesse sentido os autores poderiam ter um compromisso maior com os telespectadores, é disse compromisso, mas seria um respeito. Respeito com os sonhos, com a esperança e até com a vida da pessoa.
Bom, vamos voltar à novela Insensato Coração. Pedro sofreu um acidente de avião, que o deixou sem o movimento das pernas, começou então a sessões de fisioterapia. Messes depois Pedro apareceu de muletas, por motivos da novela ele abandonou a fisioterapia, voltando novamente para a cadeira de rodas. Mas ai com o tempo, Pedro retornou o tratamento e logo voltou a andar.
Não sou medica, porem sei e fui procurar saber mais sobre isso e se era possível um paraplégico voltar a andar após meses e com algumas sessões de fisioterapia. Não vou entrar em detalhes da medicina, no entanto pode sim ter melhora da movimentação, mas a lesão da medula não pode ser completa. É possível recuperar os movimentos e a sensibilidade. Mas para voltar a andar depende do tipo de lesão, da região e da extensão dessa lesão.
O importante aqui é, dizer que o tratamento que Pedro fez não seria suficiente para deixá-lo sem nenhuma seqüela. Quem sofreu lesão na medula, precisa de uma equipe multidisciplinar, não é só de fisioterapia.
 A novela fez milagre, não estou falando que milagre não existe, mas é algo mais difícil de acontecer.
 Acho que a novela poderia trabalhar mais com a realidade!

Até mais,
bjo,
Carol 

2 comentários:

Daniel Faria

Achei ridículo como ele voltou a caminhar rapidamente, muito forçado o processo, mas sabemos é novela, ficção, mas não foi legal.

Carolina Câmara

Oi Daniel, eles poderiam ter pulado esta parte, não sei qual foi o objetivo deles.
bjs

" As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem". Chico Buarque
 
Carolina - Um sonho a mais não faz mal
Design por João Elias - Topo ↑